Em estado ‘gravíssimo’, Ângelo Perugini, prefeito de Hortolândia, luta pela vida em leito de UTI

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   

Em estado ‘gravíssimo’, Ângelo Perugini, prefeito de Hortolândia, luta pela vida em leito de UTI

Em nota oficial divulgada na tarde desta segunda-feira, Prefeitura de Hortolândia informou que médicos atuam com dedicação e empenho

O estado de saúde do prefeito Ângelo Perugini (PSD) – que luta contra a Covid-19 desde 3 de fevereiro, num leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em São Paulo – é gravíssimo, segundo nota divulgada nesta segunda-feira (29) pela Prefeitura de Hortolândia.

A Administração Municipal informou, no entanto, que todas as medidas possíveis estão sendo tomadas para que o chefe do Poder Executivo se recupere. “Os médicos estão atuando com toda a dedicação e empenho pela recuperação e reabilitação de Perugini”, diz a nota.

No comunicado oficial, “a família agradece a todos e reitera a importância das orações e mensagens de fé, força e solidariedade enviadas”. A ex-deputada Ana Perugini, ex-mulher e mãe de três filhas do prefeito, tem se manifestado depois da divulgação de cada nota oficial. “Pedimos a todos que continuem em oração”, afirmou Ana, em postagem nas redes sociais.

É a terceira piora no estado de saúde de Perugini em menos de uma semana. Na quarta (24), a Prefeitura de Hortolândia informou que seu quadro havia se agravado, após semanas de estabilidade e pequenas melhoras. Dois dias depois, na sexta (26), a Administração emitiu nova nota afirmando que seu estado era grave.

No último sábado (27), novos boatos sobre o estado de saúde de Perugini ganharam força na cidade e motivaram a prefeitura a divulgar uma nota de esclarecimento.

“Em meio a uma situação grave pela qual passa Hortolândia, com inúmeros casos de Covid-19 registrados diariamente, com o esgotamento da nossa rede de saúde e o fato de nosso prefeito, Ângelo Perugini, estar lutando pela vida contra o coronavírus, temos lidado cotidianamente com a divulgação de mentiras e factoides políticos sobre seu estado de saúde, sem empatia alguma com a dor da família e amigos”, traz a nota oficial.

O texto reiterou a gravidade de seu estado de saúde e informou que ele segue sob cuidados intensivos na capital paulista. “Neste momento, não trabalhamos com a hipótese da falta do prefeito de forma definitiva. Mas, juridicamente, nosso vice-prefeito, Zezé Gomes [PL], é o sucessor do prefeito em caso de vacância e o substituto natural nos casos de impedimentos ou licenças.

É o que determina a Constituição, pois ambos foram eleitos pelo povo dentro daquilo que determina o Tribunal Superior Eleitoral”, afirma a nota, reforçando que as notícias sobre o estado de saúde do prefeito são publicadas em notas oficiais as segundas, quartas e sextas, nos canais oficiais da prefeitura.

Ângelo Perugini está hospitalizado desde o dia 1º de fevereiro, quando testou positivo para Covid-19. Assim que recebeu o diagnóstico, ele foi internado no Hospital Samaritano, em Campinas. A piora no estado de saúde, no entanto, motivou sua transferência, dois dias depois, para um leito de UTI de um hospital na capital paulista, cujo nome não foi revelado.

O prefeito foi intubado no dia 7 de fevereiro, devido ao agravamento do quadro. Desde então, a Prefeitura de Hortolândia vinha reportando quadro de estabilidade.
A única melhora foi informada no dia 1º de março. Na ocasião, a prefeitura informou que o prefeito apresentava “períodos de estabilidade, intercalados com pequenas melhoras”, mas ainda havia necessidade de cuidados intensivos.

No dia 15 de fevereiro, a Câmara de Hortolândia aprovou o afastamento oficial de Perugini de suas funções na prefeitura. A medida, prevista na Lei Orgânica do Município, formalizou uma ação que já está em andamento desde 1º de fevereiro. O vice-prefeito José Nazareno Gomes, o “Zezé” (PL), assumiu o cargo como prefeito em exercício.

Reeleito no ano passado com 53.225 votos (o equivalente a 52,05% dos votos válidos), Ângelo Augusto Perugini cumpre seu quarto mandato à frente da Prefeitura de Hortolândia. Antes da vitória em novembro, foi eleito em 2004, reeleito em 2008 e eleito novamente em 2016. Também foi deputado estadual e vereador em Sumaré.

One thought on “Em estado ‘gravíssimo’, Ângelo Perugini, prefeito de Hortolândia, luta pela vida em leito de UTI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: