Em meio à pandemia de coronavírus, avançam obras na área da Saúde em Nova Odessa

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
Em meio à pandemia de coronavírus, avançam obras na área da Saúde em Nova Odessa

A Prefeitura de Nova Odessa vem dando continuidade a importantes obras na área da Saúde no município. Exemplos são a reforma e ampliação da maternidade municipal e a construção do Centro de Referência em Saúde da Mulher e a UBS 7, que fica no Jardim Nossa Senhora de Fátima.

“São intervenções muito significativas para a rede pública de saúde. Obras que elevaram ainda mais o patamar do atendimento que prestamos aos nossos moradores”, ressaltou o secretário de Saúde, Vanderlei Cocato.


Considerada uma das etapas mais importantes da grande reforma pelo qual vem passando o Hospital Municipal de Nova Odessa, a ampliação e reforma da maternidade atingiu nesta sexta-feira (24) 45% de sua conclusão. O projeto prevê a construção de uma nova sala de pós-parto, com banheiros adaptados, área de luz, cadeiras de amamentação e trocadores. Ela terá capacidade para 8 leitos, ou seja, o dobro da atual capacidade. 


A ‘nova maternidade’ vai ganhar também uma nova sala de pré-parto. Outra novidade é que a gestante poderá ficar com um acompanhante. Hoje isso não é possível devido ao espaço. A enfermaria será totalmente reformulada, com paredes de vidro para garantir visão total da maternidade. “A reforma e ampliação do da maternidade, além do aumento expressivo no número de leitos, vai garantir muito mais conforto para as mães e seus bebês”, completou.


CENTRO DE REFERÊNCIA. O Centro de Referência em Saúde da Mulher, por sua vez, vem sendo construído para proporcionar um atendimento ainda mais especial e garantir um melhor acolhimento às mulheres, principalmente gestantes. Com 30% das obras concluídas, ele funcionará área onde hoje é o CAS (Centro de Assistência Social) do Jardim São Jorge, que será reformado e ampliado graças a uma emenda parlamentar no valor de R$ 700 mil do deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Cauê Macris (PSDB). Feita a reforma, o CAS vai virar um CRAS (Centro de Referência de Assistência Social).


O Centro de Referência em Saúde da Mulher contará com três consultórios – todos com banheiros adaptados -, sala de psicologia – também com banheiro adaptado -; enfermaria, sala de enfermagem, sala para atividades coletivas, almoxarifado, copa, sala de espera, recepção e quatro outros banheiros, num total de 268 metros quadrados de construção.

“Teremos aqui atendimento psicológico, ginecológico e também atividades coletivas, além de atendimento de enfermagem. Esse espaço vai receber todas as mulheres, sejam gestantes ou não, para um amplo serviço de acompanhamento, incluindo pré-natal”, afirmou Cocato.


UBS 7. Já a UBS do Jardim Nossa Senhora de Fátima, a sétima do município, está orçada em R$ 2,9 milhões. A Engetal Engenharia e Construções, vencedora do processo licitatório, já trabalha na fase final de acabamento. Na parte externa, a empresa também finaliza a construção do calçamento, paisagismo e colocação do alambrado.

A unidade vai atender moradores do Jardim São Jorge, Triunfo, Santa Luiza 1 e 2, Terranova e Fibra, além, é claro, do próprio Nossa Senhora de Fátima. “Muito em breve nós vamos entregar à população desta região uma UBS moderna, totalmente e muito bem equipada, para oferecer atendimento de excelência. Um verdadeiro mini-hospital, tenho certeza”, finalizou Cocato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: