Empreendedores têm acesso a crédito para manter empresas em funcionamento durante pandemia do Coronavírus

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
Empreendedores têm acesso a crédito para manter empresas em funcionamento durante pandemia do Coronavírus

As restrições adotadas para conter a disseminação do Coronavírus afetam diferentes ramos de negócio. Para ajudar quem tem empresa a mantê-la em funcionamento neste momento delicado, a Prefeitura de Hortolândia orienta o empreendedor a buscar crédito em instituições financeiras públicas.

Uma delas é o Banco do Povo, do governo estadual, que oferece condições especiais em linhas de crédito. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, o valor do crédito varia de R$ 200,00 a R$ 20.000,00, com taxa de juros de 0,35% ao mês. O prazo de pagamento será estendido com parcelamento em até 36 vezes. Já o prazo de carência será ampliado de 60 dias para 90 dias. Para crédito de até R$ 3.000,00 não é necessário avalista. Mais informações podem ser obtidas no site da Prefeitura, por meio do link http://www2.hortolandia.sp.gov.br/servicos-para-o-cidadao/item/15301-banco-do-povo-de-hortolandia, no site do banco, https://www.bancodopovo.sp.gov.br/empresas.html, ou pelo e-mail bancodopovo@hortolandia.sp.gov.br.

Outro órgão estadual, Desenvolve SP, por meio do Banco do Empreendedor, oferece linhas de crédito para investimento, capital de giro e específicos. As taxas são a partir de 1,20% ao mês, com carência de 9 a 12 meses e prazos de pagamento de até 60 meses. Mais informações estão disponíveis na internet por meio do link https://www.desenvolvesp.com.br/empresas/opcoes-de-credito/enfrentamento-coronavirus/#.

Os bancos públicos federais também estão com linhas de crédito para empreendedores. O Banco do Brasil oferece empréstimos para capital de giro e prorrogação de parcelas de empréstimos empresariais de dois meses. Os juros são a partir de 0,84%, e prazo de pagamento de 24 a 36 meses. Mais informações podem ser obtidas no site do banco, www.bb.com.br, ou pelas linhas de atendimento do próprio banco.   

A Caixa Econômica Federal também oferece empréstimos para capital de giro e prorrogação de parcelas de empréstimos empresariais de dois meses, com juros a partir de 0,83%.Os prazos de pagamento vão de 24 a 60 meses. O banco ainda oferece redução das taxas de crédito rotativo e parcelamento de fatura dos cartões de crédito para pessoa jurídica por 90 dias, com taxas de 2,09 a 10,09 ao mês. Os interessados podem obter mais informações no site do banco, www.caixa.gov.br, ou pelas linhas de atendimento da própria instituição.

JURO ZERO

O empreendedor também pode obter crédito por meio do Programa Juro Zero Empreendedor, parceria do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) com o governo estadual. O programa oferece crédito de até R$ 15.000,00 para MEIs (Microempreendedores Individuais), e de até R$ 20.000,00 para ME (microempresa) e EPP (empresa de pequeno porte). Os juros vão de 0 a 0,35%, com prazo de até 36 meses e carência de 3 meses. Para obter o crédito, é necessário passar pelo programa de capacitação online Empreenda Rápido, www.empreendarapido.sp.gov.br

Outra opção é a cooperativa Sicoob (Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil) Ouro Verde, que iniciou atividades no município em julho do ano passado. A cooperativa oferece crédito de até R$ 200.000,00 por CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), com taxas de 0,79% a 1,19% e prazo de pagamento de 18 meses.

Ainda de acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, os bancos privados oferecem linhas de crédito emergencial para empreendedores financiarem o pagamento de salários de funcionários por até dois meses. Em contrapartida, as empresas não podem demitir funcionários pelo mesmo período de tempo. A carência é de até seis meses com 30 meses para pagar. Os juros são tratados diretamente com os bancos autorizados pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), do governo federal.

#HortolândiaSolidária #FiqueEmCasa #Coronavírus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: