Homem é preso com carro clonado após ser flagrado por câmeras em Nova Odessa

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
Homem é preso com carro clonado após ser flagrado por câmeras em Nova Odessa
Homem é preso com carro clonado após ser flagrado por câmeras em Nova Odessa

16 de Junho de 2020

Redação

Um homem de 26 anos foi detido com um carro clonado, na madrugada desta terça-feira (16), por guardas municipais de Nova Odessa. Morador do bairro Mathilde Berzin, ele foi flagrado pelo sistema de videomonitoramento do município e autuado em flagrante pela Polícia Civil pela prática de receptação, crime previsto no artigo 180 do Código Penal.

R.S.L. dirigia um Fiat Palio branco pela Rodovia Astrônomo Jean Nicolini, no sentido Americana, quando foi abordado por duas viaturas da Guarda, por volta das 2h. Minutos antes, câmeras haviam acusado a entrada do carro, com características suspeitas de clonagem, no município. Ao vistoriarem o veículo, os patrulheiros perceberam sinais de adulteração no número de câmbio e nas etiquetas autocolantes de identificação.

Após pesquisa pela numeração do motor, foi constatado que o carro havia sido roubado em abril, no bairro Campos Verdes, e rodava com placas ‘quentes’ de Várzea Paulista e numeração adulterada de vidros e chassi. Ao consultarem a documentação, os guardas verificaram que o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo havia sido furtado em agosto do ano passado em Mongaguá, município do litoral sul paulista.

O carro e o suspeito foram encaminhados ao plantão policial, onde ele foi autuado em flagrante por receptação, com fiança estabelecida no valor de R$ 1,1 mil. Participaram da ação o inspetor Forti e os guardas civis municipais Corrêa, Pereira e Morais.

Homem é preso com carro clonado após ser flagrado por câmeras em Nova Odessa
Homem é preso com carro clonado após ser flagrado por câmeras em Nova Odessa

Veja Também:

Embaixadores da Prevenção abordam a virtude da humanidade em nova contação de história

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: