Mandetta avisa que foi demitido por Bolsonaro

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
Mandetta avisa que foi demitido por Bolsonaro

A novela acabou. Luiz Henrique Mandetta foi demitido do posto máximo no Ministério da Saúde por Jair Bolsonaro em plena crise do coronavírus. O anúncio foi feito pelo próprio Mandetta no Twitter, na tarde desta quinta-feira. “Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar.”, escreveu o ex-ministro.

Para substituir Mandetta, o mais cotado é o médico oncologista Nelson Teich. Teich se reuniu na tarde desta quinta-feira com o presidente, pouco antes de o mandatário se encontrar com o próprio ex-ministro. Bolsonaro ainda não se pronunciou oficialmente sobre a mudança.

Ato seguido, Mandetta começou uma conversa com os jornalistas em Brasília, conforme anunciado. Com voz embargada, ele começou a agradecer a equipe na pasta. Siga em tempo real:

As reações à saída, dada como certa há alguns dias, foi imediata. Em alguns pontos de São Paulo, houve panelaços de protesto. Em pouco mais de um mês de crise do coronavírus, Mandetta viu sua popularidade crescer a níveis lulistas: segundo pesquisa Datafolha, 76% dos brasileiros aprovam a gestão do Ministério da Saúde, mais do que o dobro do que aprovam a presidência de Bolsonaro. Nesta quarta-feira, pesquisa do Atlas Político mostrou que 76% da população era contra uma saída do ex-deputado, que chegou ao posto após se aproximar de Bolsonaro na campanha de 2018.

Acabo de ouvir do presidente Jair Bolsonaro o aviso da minha demissão do Ministério da Saúde.
Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e150 mil16:17 – 16 de abr de 2020Informações e privacidade no Twitter Ads45,3 mil pessoas estão falando sobre isso

Mais informações em breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: