Médicos especialistas atendem 548 pacientes em Nova Odessa após triagem de Central de Regulação

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
Médicos especialistas atendem 548 pacientes em Nova Odessa após triagem de Central de Regulação

Balanço divulgado nesta segunda-feira (13) pela Secretaria de Saúde de Nova Odessa aponta que 548 consultas de urgência e emergência com médicos especialistas foram realizadas no município, após triagem feita pela Central de Regulação criada no mês passado no Ambulatório de Especialidades Médicas. Os atendimentos ocorreram entre 23 de março e a última quinta (9). A central telefônica foi implantada para avaliar casos com necessidade de avaliação médica durante o período de suspensão de exames e consultas por agendamento na rede municipal de saúde, por conta da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com dados da Central de Regulação, a psiquiatria foi a especialidade mais procurada no período, com 311 consultas realizadas, que correspondem a 56,7% do total de atendimentos. Em seguida, vêm cardiologia (48 consultas), neurologia (23), endocrinologia (17), urologia e vascular, com 10 atendimentos cada uma, oftalmologia (8), dermatologia e otorrinolaringologia (2) e mastologia (1).

Instalada no Ambulatório de Especialidades, a central funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h. Para solicitar consulta, basta o paciente ligar no telefone 3199-7770. Imediatamente o pedido recebido pelos atendentes é avaliado por médicos e assistentes sociais que integram a Central de Regulação e atendidos em até sete dias.

“Na maioria dos casos, a espera por atendimento praticamente não existe. Ou seja, o paciente entra em contato por telefone, a solicitação é avaliada e, caso seja verificada a urgência de consulta com especialista, ele é atendido imediatamente”, explicou o médico Emerson Assis, responsável pela Central de Regulação.

O secretário de Saúde, Vanderlei Cocato, pede a compreensão da população e enfatiza que, diante da necessidade de concentração de esforços no combate à Covid-19, só estão sendo atendidos situações de urgência e emergência. “Nossa central é muito bem orientada e todos os pacientes que realmente não puderem esperar serão atendidos”, disse Cocato.

Além de consultas com especialistas, inclusive psiquiatras, pacientes que usam remédios controlados também podem agendar a retirada de receitas pela central telefônica. As prescrições poderão ser retiradas por familiares ou representantes mediante apresentação de documentos pessoais dos pacientes (RG e Cartão+Saúde).


FARMÁCIA CENTRAL. Na Farmácia Central e de Alto Custo, as senhas para retirada de medicamentos são entregues na área externa do prédio para evitar aglomeração de pessoas. “Importante frisar que a farmácia da UBS do Jardim Alvorada está fechada para que possamos concentrar os funcionários na Farmácia Central e prestar o melhor atendimento possível aos nossos usuários da rede pública de saúde”, disse Cocato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: