No Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa: Em Sumaré, idosos têm atenção especial, afirma a prefeitura

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
No Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa: Em Sumaré, idosos têm atenção especial, afirma a prefeitura
No Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa: Em Sumaré, idosos têm atenção especial, afirma a prefeitura

Sumaré 16 de Junho de 2020

A semana começou com a celebração do “Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa”, no dia 15 de junho. Declarada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa, a data busca alertar a sociedade e prevenir todo tipo de violência contra o idoso.

“É nosso dever, enquanto Poder Público e cidadãos de bem, garantir aos idosos a proteção à vida e à saúde, um envelhecimento saudável e em condições de dignidade! Temos de chamar a atenção da sociedade para este assunto e também conscientizar nossa Melhor Idade para que não permita qualquer tratamento desrespeitoso. No nosso governo, a Melhor Idade tem atenção especial”, enfatizou o prefeito Luiz Dalben.

Em 2017, primeiro ano da atual Administração Municipal, a Prefeitura inaugurou o Centro da Longevidade, que oferece atendimento em saúde exclusivo para pessoas acima de 50 anos. São diversas especialidades, inclusive Psicologia e Nutrição, tudo para que o idoso sumareense tenha mais qualidade de vida. Também foram retomadas diversas atividades, como os Jogos Municipais da Melhor Idade e as aulas de hidroginástica, por meio do Fundo Social de Solidariedade.

Ainda em parceria com o Funssol, a Prefeitura mantém o Centro de Convivência para os Idosos em Nova Veneza e os Núcleos de Bem Estar Municipal no Ângelo Tomazin, Bom Retiro, Ipiranga.

Outros serviços diversos são oferecidos à pessoa idosa por meio da parceria entre a Secretaria Municipal de Inclusão Assistência e Desenvolvimento Social (SMIADS) e Organizações da Sociedade Civil. Um exemplo é o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), desenvolvido pelos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) em todas as regiões do município.

Tendo em vista o processo de envelhecimento, o SCFV para os idosos possui um trabalho social que objetiva o desenvolvimento de atividades para o fortalecimento de vínculos familiares e do convívio comunitário, a prevenção de situações de risco social e o desenvolvimento da autonomia e de sociabilidade da pessoa idosa. O público atendido tem idade igual ou superior a 60 anos e se encontra em situação de vulnerabilidade social.

Já o Serviço da Proteção Social Básica no Domicílio para Pessoas com Deficiência e Idosas tem por finalidade a prevenção de agravos que possam provocar o rompimento de vínculos familiares e sociais dos usuários. Visa a garantia de direitos, o desenvolvimento de mecanismos para a inclusão social, a equiparação de oportunidades, a participação e o desenvolvimento da autonomia das pessoas com deficiência e pessoas idosas, a partir de suas necessidades e potencialidades individuais e sociais, prevenindo situações de risco, a exclusão e o isolamento.

Contribui para a promoção do acesso de pessoas com deficiência e pessoas idosas aos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos e a toda a rede socioassistencial, aos serviços de outras políticas públicas, entre elas educação, trabalho, saúde, transporte especial e programas de desenvolvimento de acessibilidade, serviços setoriais e de defesa de direitos e programas especializados de habilitação e reabilitação.

Desenvolve ações extensivas aos familiares, de apoio, informação, orientação e encaminhamento, com foco na qualidade de vida, exercício da cidadania e inclusão na vida social, sempre ressaltando o caráter preventivo do serviço.

Por meio do “Projeto Fortalecer”, o Município promove oficinas e outras atividades de convivência, visando o estímulo à inclusão, empreendedorismo social e qualificação profissional de idosos em situação de vulnerabilidade social, ampliando oportunidades de geração de renda para suas famílias, garantindo o acesso aos direitos e prevenindo a fragilidade de vínculos familiares e comunitários.

Casos acompanhados que não alcançam a proteção do idoso – ou de idosos sozinhos sem condições de prover seus próprios cuidados – podem necessitar de acolhimento institucional. Nestes casos, o acolhimento de longa permanência para idosos é feito pela CALUZ, em parceria com a SMIADS. Atualmente, são 30 idosos atendidos.

O Município também conta com o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, um importante aliado em constante construção, estudo e acompanhamento das políticas públicas voltadas aos idosos de Sumaré. Recebe denúncias referentes aos diversos tipos de violência contra a pessoa idosa, orienta e faz o encaminhamento para providências. Também realiza fiscalizações junto à Vigilância Sanitária e Promotoria de Justiça.

 

Denuncie

De acordo com a SMIADS (Secretaria de Inclusão Social) da Prefeitura de Sumaré, a equipe do CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social) acompanhou 60 casos de idosos vítimas de violência intrafamiliar em 2019. Até maio desse ano, foram 25 casos.

O acompanhamento é realizado por assistentes sociais e psicólogos e são voltados à pessoa idosa e ao grupo familiar no sentido de superar a situação de violação de direitos, por meio do fortalecimento de vínculos afetivos e do acesso à direitos básicos, por exemplo.

Há diversos tipos de violência contra a pessoa idosa. Entre eles, violência física, psicológica ou emocional, financeira, abandono e negligência (quando os responsáveis pelo idoso deixam de oferecer cuidados básicos, como higiene, saúde, medicamentos, entre outros).

Quem for vítima ou tiver conhecimento de algum caso de violação dos direitos do idoso, deve denunciar pelo Disque 100, Ministério Público, Delegacia de Polícia, CRAS, CREAS e outros órgãos do Sistema de Garantia de Direitos.

Veja Também:

Sumaré realiza arborização urbana com o plantio de 130 mudas de árvores no Salerno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: