Palestra, teatro, exposição e café da manhã marcam mais um dia do Setembro Amarelo em Sumaré

Compartilhe
  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
Palestra, teatro, exposição e café da manhã marcam mais um dia do Setembro Amarelo em Sumaré

Um dia de muitas atividades alusivas ao Setembro Amarelo em Sumaré. As unidades de saúde têm intensificado as ações de prevenção ao suicídio junto aos moradores. Este ano, por causa da pandemia e do isolamento social, os trabalhos preventivos ao adoecimento mental foram reforçados, devido à necessidade da atenção à saúde mental das pessoas.

O movimento de conscientização nessa quarta (16) teve palestra, teatro, orientações, decorações e confecção de material motivacional.

Realizado pela Prefeitura de Sumaré, por meio das Secretarias Municipais de Saúde e de Inclusão e Assistência Social, a programação começou logo pela manhã, no CAPS AD (Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas), localizado na região do Picerno. Após palestra, apresentação teatral e exposição das peças produzidas pelos assistidos do programa, foi oferecido um delicioso café da manhã.

Na BEM (Base de Excelência da Mulher) as usuárias contaram com explicações e orientações em vídeos, enquanto que a Tenda informativa esteve na feira noturna do Macarenko.

Durante o mês estão previstas diversas atividades nas USFs (Unidades de Saúde da Família), UBS (Unidades Básicas de Saúde), CAPS e NASF (Núcleo de Apoio a Saúde da Família), incluindo palestras, orientações, bate-papo individual e confecção de cartazes motivacionais.

No encerramento da programação, dias 29 e 30, acontecerão sessões de Psicoterapia com agendamento dos horários. Como parte da programação, a Prefeitura inaugurou no último dia 10 o Espaço de Cuidado Integral ao Trabalhador da Saúde (ECITS), ao lado do PA NovaVeneza.

Assim como o nome, a unidade vai oferecer atendimento de práticas integrativas aos servidores do setor de saúde do Município, ou seja, será um grande apoio a essa categoria profissional que tem atuado na linha de frente nesse período de pandemia do coronavírus.

“Neste Setembro Amarelo, reconhecido como mês de Prevenção ao Suicídio, reforçamos o alerta e a necessidade de conscientização da população, pois segundo o site oficial do Setembro Amarelo, o suicídio é um problema de saúde pública, e o número de vítimas é superior aos de doenças como AIDS e alguns tipos de câncer.

É extremamente importante identificar as pessoas que precisam de cuidado nesse sentido e encaminhá-las para tratamento nas unidades de Saúde do Município”, explicou o secretário de Saúde, Rafael Virginelli.

 

Realizado desde 2015, o Setembro Amarelo foi criado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Durante o mês, monumentos em diferentes cidades também adotam a cor amarela em suas fachadas para dar visibilidade à causa. A cor amarela, segundo o site do CVV, representa a luz e o sol, simbolismo que reflete a proposta da campanha de preservar a vida.

O mês foi escolhido em razão do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, celebrado todo ano em 10 de setembro. A data é organizada pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio com o respaldo da Organização Mundial da Saúde (OMS). O objetivo do dia é conscientizar as pessoas ao redor do mundo que o suicídio pode se evitado.

“Nossas equipes estão sempre prontas para ouvir, acolher, apoiar e realizar os cuidados e encaminhamentos necessários”, reforçou Virginelli.

CAPS AD

O prédio do CAPS AD – inaugurado pela Administração Municipal em dezembro do ano passado, no Portal Bordon, região do Picerno – conta com uma equipe altamente qualificada para oferecer cuidados, atenção integral e continuada a dependentes químicos.

A equipe é formada por psiquiatra, psicólogo, enfermeiro e técnicos de enfermagem, assistente social, terapeuta ocupacional e recreacionista. É uma unidade de extrema importância para o atendimento em saúde mental, pois acolhe as pessoas que sofrem com transtornos mentais decorrentes da dependência química – e que muitas vezes são julgadas e marginalizadas. O órgão oferece atendimento interdisciplinar para a reabilitação e inclusão social dessas pessoas.

A equipe do Centro de Atenção Psicossocial realiza acolhimentos, grupos e oficinas terapêuticos (autocuidado, culinária, horta, música e ateliê aberto). Todo cuidado é planejado por meio do Plano Terapêutico Singular (PTS), elaborado junto ao paciente e à equipe de referência, seguindo sempre a necessidade individual.

Além disso, o serviço ainda oferece suporte à família do paciente. O CAPS AD está localizado na Rua Antonieta Ravagnani Tanner, nº 190, Residencial Bordon II. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

CAPACITAÇÃO

Com o aumento das doenças psiquiátricas devido à pandemia do novo coronavírus e ao período de isolamento social, a Secretaria de Saúde de Sumaré, por meio da Rede Municipal de Saúde Mental, tem realizado capacitações com as equipes dos CAPS (Centro de Atenção Psicossocial).

Os colaboradores participaram de aula on-line com o tema ‘Transtorno do Estresse Pós-Traumático (TEPT)’, um distúrbio da ansiedade caracterizado por um conjunto de sinais e sintomas físicos, psíquicos e emocionais.

Os principais atendimentos em saúde mental são realizados nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), onde o usuário recebe atendimento com assistência multiprofissional e cuidado terapêutico, conforme a necessidade, próximo da família.

O município conta com três unidades do CAPS: Orquídea, que presta atendimento a pacientes adultos com transtornos mentais graves e persistentes; o Infanto-Juvenil ‘Espaço Viver’, voltado a crianças e adolescentes; e, agora, o CAPS Álcool e Drogas, especializado em transtornos pelo uso de álcool e outras drogas.

Mais fotos:

Palestra, teatro, exposição e café da manhã marcam mais um dia do Setembro Amarelo em Sumaré Palestra, teatro, exposição e café da manhã marcam mais um dia do Setembro Amarelo em Sumaré

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: