Prefeitura de Nova Odessa abre licitação para 2ª etapa da recuperação da Rodolfo Kivitz

Prefeitura de Nova Odessa abre licitação para 2ª etapa da recuperação da Rodolfo Kivitz
Prefeitura de Nova Odessa abre licitação para 2ª etapa da recuperação da Rodolfo Kivitz

A Prefeitura de Nova Odessa abriu licitação para a execução da segunda etapa da obra de recuperação da Estrada Rodolfo Kivitz, via que liga bairros de chácaras e da região do Jardim Alvorada ao Centro da cidade. A abertura da tomada de preços para escolha da empresa especializada em recapeamento foi publicada na edição eletrônica desta terça-feira (19) do ‘Diário Oficial do Município’.

A obra compreende o trecho entre o Córrego Represa, na Fazenda Velha, e o limite com os municípios de Americana e Santa Bárbara d’Oeste, num total de 2,2 mil metros de extensão. De acordo com a Secretaria de Obras, Projetos e Planejamento Urbano, os serviços têm valor estimado em R$ 1,25 milhão e devem ser realizados em três meses.

O trabalho prevê a regularização de todo acostamento, reforço do pavimento por conta do alto tráfego de caminhões; camada de rolamento (recape), instalação de tachões refletivos e sinalização horizontal (tachão e pintura) e vertical (placas).

A intervenção faz parte da revitalização da rodovia, anunciada em fevereiro pelo prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza. Ao todo, a Administração Municipal vai investir aproximadamente R$ 4,1 milhões em recursos próprios na recuperação da via, pela qual passam, todos os dias, mais de 2,5 mil veículos, principalmente caminhões.

A ordem de serviço para a execução da primeira etapa, no trecho de 3,4 mil metros de extensão entre a Rua Frederico Puke e o Córrego Represa, foi assinada no último dia 11 pelo prefeito, e as obras devem começar na próxima semana. As melhorias foram orçadas em R$ 2.516.210,44 e serão realizadas pela empresa Pavanic Pavimentação, Infraestrutura e Construção Civil, vencedora da licitação.

O cronograma prevê a limpeza e o reperfilamento do acostamento; fresagem em vários trechos da extensão; reforço do pavimento; recapeamento; revisão de parte da drenagem; instalação de guard-rail nos dois lados da ponte do córrego, além de sinalização horizontal e vertical. A previsão é de que os trabalhos durem aproximadamente quatro meses.

VEJA TAMBÉM:

COVID-19: Nova Odessa dobra número de infectados em 19 dias e chega a 22 casos

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *