Risco de infestação da dengue será medido em todas as regiões da cidade de Sumaré

Compartilhe
  • 8
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
Risco de infestação da dengue  será medido em todas as regiões da cidade de Sumaré
Risco de infestação da dengue será medido em todas as regiões da cidade de Sumaré

Sumaré, 02 de outubro de 2020

 Redação

A Prefeitura de Sumaré iniciou na última quinta (1º), pelo bairro João Paulo II, a coleta de dados do Índice de Breteau, que mede o nível de infestação de larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. Os trabalhos da Secretaria de Saúde acontecerão durante o mês de outubro em todas as regiões da cidade e vão nortear as ações para os próximos meses.

Com a realização do Breteau, é possível saber as áreas com maior proliferação do Aedes e o tipo de criadouro predominante em cada região. A expectativa é vistoriar 4.200 residências. “O índice permite identificar o tipo de criadouro de acordo com os focos encontrados nos domicílios vistoriados. A partir desse resultado, nossas equipes desenvolvem ações mais específicas, visando atingir prioritariamente as regiões com mais focos”, disse o secretário Rafael Virginelli.

O órgão pede a colaboração dos moradores, permitindo a entrada dos agentes da Saúde nas residências, para que possam realizar a coleta do Índice de Breteau. Os servidores estão devidamente uniformizados e com crachá de identificação.

Ao entrar nas residências, os agentes vistoriam toda a casa. “Ressaltamos a importância de a população sumareense colaborar com o trabalho dos nossos funcionários, pois a vistoria é extremamente importante para que possamos definir as futuras ações de combate ao mosquito da dengue em nossa cidade”, concluiu Virginelli.

Bom destacar que para as ações de combate à dengue, a cidade de Sumaré é dividida em sete áreas urbanas. Os agentes realizam a aplicação de inseticida (nebulização ou “fumacê”) e também fazem busca ativa no bairro, bloqueio e controle de criadouros, além da aplicação de larvicida quando necessário.

Neste ano, até o dia 21 de setembro, foram notificados 1.656 casos de dengue em Sumaré, sendo 679 positivos e 967 negativos. Desse total, dez ainda aguardam resultado.

Dicas para combater o Aedes aegypti

– Mantenha a caixa d’água sempre fechada e com tampa adequada;

– Remova folhas, galhos e tudo o que possa impedir a água de correr pelas calhas;

– Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje;

– Lave semanalmente com escova e sabão os tanques e recipientes utilizados para armazenar água;

– Encha de areia até a borda os pratinhos dos vasos de plantas;

– Troque a água e lave o vaso de plantas aquáticas com escova e sabão pelo menos uma vez por semana;

– Guarde garrafas sempre de boca para baixo;

– Descarte corretamente o lixo, principalmente pneus inservíveis nas Administrações Regionais;

– Não jogue lixo em terrenos baldios;

– Mantenha as lixeiras fechadas.

Risco de infestação da dengue  será medido em todas as regiões da cidade de Sumaré

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: