Sumaré conta com 6 unidades de referências para atender casos suspeitos da Covid-19

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
Sumaré conta com 6 unidades de referências para atender casos suspeitos da Covid-19

A Prefeitura de Sumaré, por meio da Secretaria de Saúde, disponibiliza 6 unidades de referências para tratamento da Covid-19. A medida está em consonância com as autoridades sanitárias e Ministério da Saúde e faz parte do Plano de Contingência implantado pela administração municipal para evitar a transmissão do coronavírus, visando garantir mais segurança à população. Os moradores que apresentarem sintomas leves da doença, por exemplo, devem procurar a unidade localizada na sua região: Região Central/Rural (UBS Veccon), Região do Matão (UBS Matão), Região do Picerno (UBS Bordon), Região do Maria Antonia (UBS Florely), Região da Área Cura (UBS Ypiranga) e Região de Nova Veneza (PA-CIS Nova Veneza, segunda entrada, com atendimento exclusivo a partir desse dia 22 de abril).

Os usuários que utilizavam essas 6 unidades para outros serviços de saúde – enquanto durar a pandemia – serão atendidos nos seguintes locais:

– UBS Veccon: CS II

– UBS Matão: UBS Nova Terra

– UBS Bordon: USF Lucélia

– UBS Florely: UBS Dall’Orto

– UBS Ypiranga: UBS Denadai

– PA/CIS Nova Veneza: entrada principal.

 “Queremos com essa adequação atender de forma mais humanizada os pacientes e diminuir o tempo de permanência deles na unidade. Já os usuários que apresentarem sinais da doença serão atendidos de forma intensiva, pois contamos com profissionais capacitados da Secretaria de Saúde”, explicou o secretário de Saúde, Rafael Virginelli.

“A mudança é necessária para tratar com mais atenção os pacientes com sintomas do coronavírus e evitar uma possível transmissão para outros que utilizam as unidades de saúde e, muitas vezes, já estão debilitados. É uma medida de cuidado e proteção com todos. Lembrando que é importante que os moradores procurem unidades de saúde somente em caso de extrema necessidade, para que possamos juntos reduzir o contágio e retornar o mais breve possível à normalidade”, disse o prefeito Luiz Dalben.

Para tirar dúvidas sobre a doença, o canal de comunicação via WhatsApp é: 9.8443.0412, 9.9303.9646 e 9.9299.9493.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: