Sumaré volta a suspender imunização contra a Covid-19 por falta de vacina

Compartilhe
  • 25
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   

Sumaré volta a suspender imunização contra a Covid-19 por falta de vacina

Previsão é de que campanha seja retomada na próxima segunda; mais de 21 mil pessoas já receberam a 1ª dose na cidade

A Secretaria de Sumaré informou nesta terça-feira (30) que a Campanha de Vacinação contra a Covid-19 está suspensa por falta de doses. Até o momento, 21.633 pessoas receberam a primeira dose da vacina no município – 5.920 já estão com a segunda dose em dia. No mês passado, o município também interrompeu a imunização por não ter vacina no estoque.

“Devido ao sucesso e a grande adesão dos moradores à campanha em Sumaré, os estoques de doses enviadas ao município esgotaram-se. A cidade aguarda o recebimento de uma nova remessa do imunizante para dar sequência à aplicação. A previsão de retomada é na segunda-feira (5), com a inclusão de idosos a partir de 68 anos e profissionais da área de segurança, entre eles policiais militares, guardas municipais, entre outros, ampliando consideravelmente a campanha”, informou a Administração Municipal, em nota encaminhada à imprensa.

“É importante que a população acompanhe o cronograma de vacinação pelos canais oficiais da Prefeitura de Sumaré – site, Facebook e Instagram – para saber o momento de se dirigir ao posto de vacinação e os documentos necessários, além de realizar um pré-cadastro no portal ‘Vacina Já’ do Governo do Estado. É uma forma de adiantar as informações e agilizar o atendimento, evitando qualquer tipo de tumulto e aglomerações”, orientou o secretário de Saúde de Sumaré, Rafael Virginelli.

O preenchimento das informações no sistema do ‘Vacina Já’ deve ser feito pelos grupos prioritários da campanha. O endereço eletrônico é o www.vacinaja.sp.gov.br. Esse cadastro inicial serve para o registro de dados, mesmo assim, os documentos obrigatórios deverão ser apresentados no momento da vacinação (documentação pessoal, comprovante de endereço atualizado, registro profissional para trabalhadores da Saúde e Segurança) e, no caso de segunda dose, o comprovante da dose inicial.

Entre os imunizados, os idosos representam 13,5 mil pessoas para a primeira dose, sendo que 2,5 mil já receberam as duas doses da vacina. Para os trabalhadores da Saúde, foram aplicadas 11.128 doses até o momento – 7.864 (primeira dose) e 3.264 (segunda dose). Entre os maiores de 18 anos com algum tipo de deficiência, 48 foram vacinados com as duas doses.

POR: TRIBUNA LIBERAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: